Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Procon de Mogi orienta sobre possíveis

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Procon de Mogi orienta sobre possíveis golpes com aumento do crédito consignado

O Procon de Mogi das Cruzes alerta sobre possíveis casos de golpe depois que a margem de crédito consignado foi ampliada. A Lei 14.431/2022 entrou em vigor nesta semana e aumenta a margem de crédito consignado de 35% para 40%, aos empregados regidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), beneficiários e pensionistas do INSS e servidores públicos. A norma ainda inclui a possibilidade de contratação de empréstimo consignado e cartão de crédito consignado aos beneficiários de programas sociais do governo federal. 

O Procon alerta que, com a nova medida, é importante que as pessoas estejam atentas aos extratos bancários e de benefício para identificar prontamente qualquer irregularidade, e especialmente não forneçam dados pessoais, documentos, fotos, para evitar fraudes. Pois, uma contratação que não seja possível ser cancelada pode comprometer gravemente a subsistência das pessoas. Outra dica importante é consultar se a margem consignável está bloqueada junto ao INSS.

A coordenadora do Procon de Mogi das Cruzes, Fabiana Bava, explica que a margem consignável é o valor que o empregado ou segurado pode comprometer por mês do seu salário/beneficio para pagar a dívida. “Durante a pandemia a margem foi ampliada para 40%, com a intenção de facilitar o crédito em momento de crise, mas agora a medida é definitiva”. 

Destes 40%, segundo a nova lei, 5% destinam-se a despesas e saques com o cartão de crédito. Para os titulares de benefícios de aposentadoria e pensão do Regime Geral de Previdência Social e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), os descontos e a retenção em folha podem atingir 45% dos benefícios, dos quais 5% para amortizar despesas e saques com cartão de crédito consignado e 5% para amortizar despesas e saques com cartão consignado de benefício, uma nova modalidade.
 
A situação gera alerta aos órgãos de defesa do consumidor, em razão, do número elevado de fraudes na contratação de empréstimo consignado e cartão de crédito consignado, que tem os idosos como principais vítimas. A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) relatou aumento de 60% no número de fraudes a partir de 2020, em relação aos anos anteriores. 

De janeiro a julho de 2022, só no Procon de Mogi das Cruzes, foram registrados 122 casos, nos quais idosos apontam a ocorrência de contratações irregulares, por descobrir empréstimos que não autorizaram, com assinatura que não reconhecem, ou ainda, a partir do fornecimento de dados pessoais após assédio comercial dos representantes. 

Segundo a coordenadora do Procon, já está em vigor a Instrução Normativa 134/2022 do INSS que prevê que a partir da concessão dos benefícios, a margem já estará bloqueada, bem como proíbe a oferta de produtos financeiros, publicidade e marketing ativo por até 6 meses aos novos beneficiários. 

“O bloqueio da margem pelo INSS vai facilitar a vida do consumidor, que poderá desbloquear, se realmente tiver interesse na contratação. É importante também que denunciem o assédio das instituições financeiras que não respeitarem a normativa, pois antes mesmo do beneficiário descobrir que teve o pedido deferido já estava sendo assediado para fazer contratações”, complementa Fabiana Bava.

O telefone do Procon de Mogi das Cruzes para mais orientações é o 4798-5090. Já o agendamento para atendimento presencial pode ser feito pelo site agendamentopac.pmmc.com.br. O atendimento online pode ser feito pelo e-mail: atendimento.procon@mogidascruzes.sp.gov.br.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo