Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Secretaria de Saúde reforça importância

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Secretaria de Saúde reforça importância da vacinação contra a Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Mogi das Cruzes reforça a importância da vacinação contra a Covid-19 e a necessidade das medidas de prevenção, como o uso de máscara, de álcool gel e a prevenção contra aglomerações. Na próxima semana, será retomada a obrigatoriedade do agendamento prévio para a vacina contra a Covid-19, independentemente do fabricante. A demanda livre (sem necessidade de agendamento) para o imunizante da Pfizer permanece somente até esta quinta-feira (30/12), disponível em locais estratégicos (veja abaixo a relação das unidades).

O secretário municipal de Saúde, Zeno Morrone Júnior, lembra que a pandemia não acabou e que a vacinação é fundamental para que a população fique protegida: “As pessoas devem cumprir todo o calendário vacinal, tomando todas as doses previstas. Mogi das Cruzes possui uma boa cobertura e ela precisa continuar avançando, por isso fazemos um apelo para que a população mantenha os cuidados de prevenção e complete sua imunização”, afirma.

Nos dias 3 e 4 de janeiro será aplicada a segunda dose da Astrazeneca para quem tomou a primeira até 8 de novembro. O reforço da Janssen, para quem tomou a dose única até 5 de novembro, estará disponível nos dias 5, 6 e 7 de janeiro.

De segunda a quarta-feira (3 a 5/01), haverá vacina da Coronavac em primeira dose para maiores de 18 anos, segunda aplicação para quem tomou a primeira (da Coronavac) até 19 de dezembro, e reforço para os que foram vacinados com segunda dose até 3 de setembro (independentemente do fabricante).

Também de segunda a quarta (3 a 5/01), será aplicada primeira dose da Pfizer em adolescentes e adultos, segunda aplicação para os maiores de 12 anos que receberam a primeira (da Pfizer) até 13 de dezembro, e reforço para quem recebeu a segunda dose do imunizante até 3 de setembro (independentemente de qual vacina tenha tomado anteriormente).

Para fazer o agendamento e obter mais informações sobre os locais de vacinação e o número de doses disponibilizadas acesse o cliquevacina.com.br. Quem tiver dificuldade em fazer o procedimento pela internet pode ligar para o telefone 160.

Atendimento sem agendamento, das 9h às 12h
Serviço termina nesta quinta-feira, 30 de dezembro

    • UBS Alto Ipiranga: 100 doses
    • UBS Braz Cubas: 50 doses
    • UBS Jardim Camila: 50 doses
    • UBS Jardim Universo: 75 doses
    • UBS Nova Jundiapeba: 100 doses
    • UBS Santa Tereza: 30 doses
    • UBS Santo Ângelo: 30 doses
    • UBS Vila Natal: 30 doses
    • UBS Vila Suíssa: 120 doses
    • Pró-Hiper Drive Thru (entrada pela av. Cívica): 200 doses
    • Pró-Hiper Pedestre (entrada pela av. Prefeito Carlos Ferreira Lopes): 50 doses

Variante Ômicron

A Secretaria Municipal de Saúde recebeu na quarta-feira (29/12) a confirmação de um caso positivo da variante Ômicron no município, relativo a uma amostra coletada no início do mês de dezembro. O resultado do exame foi emitido pelo Instituto Adolfo Lutz, responsável pelo sequenciamento e identificação da nova cepa.

O paciente esteve um evento fora do município e apresentava sintomas leves. Foi acompanhado e orientado a quarentena, conforme os protocolos. Ao longo do monitoramento, não houve evolução para sintomas graves, permanecendo um quadro leve e hoje já está curado.

"Não há razão para pânico", reforça o secretário de Saúde de Mogi, Zeno Morrone Junior. "O paciente passa bem e ficou isolado no período de quarentena. Mesmo se tratando de um caso importado, a população de Mogi deve continuar atenta e manter os protocolos sanitários", lembrou.

Outros dois casos suspeitos que eram acompanhados pela pasta municipal não foram confirmados como sendo a nova cepa; um deles foi confirmado como a variante Delta e o outro resultou negativo para Covid.

Orientações

Como o cenário atual também apresenta um surto de gripe registrado em vários pontos do País, o secretário orienta que em casos assintomáticos ou com sintomas leves de síndrome gripal, a pessoa deve primeiro se tratar em casa e procurar a unidade de saúde apenas se os sintomas se agravarem (falta de ar ou febre persistente). Este procedimento, inclusive, é para a segurança do próprio paciente: se ele estiver apenas com uma gripe, pode se arriscar a se contaminar por Covid se for precocemente a uma unidade referência para a doença.

"A unidade referência para testagem de Covid é o Hospital Municipal. Quando o paciente é atendido em um pronto atendimento, se não tiver sintomas graves, o protocolo indica o isolamento por pelo menos cinco dias. Os casos de síndrome gripal costumam melhorar neste período. Agora, se não houver melhora, o paciente é encaminhado ao Hospital Municipal, a unidade referência para o atendimento a casos suspeitos de Covid. Aí sim, conforme a avaliação médica, a testagem é realizada," conclui o secretário.

A Secretaria preparou atendimentos especiais para pacientes com sintomas de síndrome gripal no município neste período de surto. Veja os detalhes aqui

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo