Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Núcleo de Controle da Dengue

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Núcleo de Controle da Dengue realiza Avaliação de Densidade Larvária em toda a cidade

 

Dando continuidade às ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de Mogi das Cruzes está realizando mais uma edição da Avaliação de Densidade Larvária (ADL) em toda a cidade. O trabalho é feito pela equipe do Núcleo de Controle e Prevenção à Dengue, que precisa cumprir uma meta de aproximadamente 7 mil visitas a imóveis nos próximos dias. Para isso, a população precisa colaborar, recebendo os técnicos em suas casas.

A Avaliação de Densidade Larvária é uma amostragem que detectará qual região do município apresenta maior infestação de larvas do mosquito, possibilitando a definição de estratégias de combate ao inseto em regiões específicas da cidade. “Já fizemos essa avaliação no ano passado, o que foi muito bom porque nos mostrou as regiões com maior infestação, recipientes mais comuns para a proliferação do mosquito, entre outras informações que ajudam no planejamento estratégico”, explicou o secretário municipal de Saúde, Marcello Delascio Cusatis, lembrando que, no ano passado, as regiões de maior infestação foram Jundiapeba, Vila Natal e Cezar de Souza.

Durante a ADL são coletadas amostras em imóveis escolhidos aleatoriamente em todas as regiões da cidade. Os resultados obtidos geram o Índice Breteau (IB), um valor numérico que define a quantidade de insetos em fase de desenvolvimento encontrados nos locais vistoriados e que permite saber em quais regiões da cidade há maior risco de transmissão da dengue. O índice de tranquilidade é 1,0 ou menos (significa que para cada 100 imóveis visitados somente um apresenta larvas do mosquito). O índice é considerado tolerável até 1,5. Acima desse nível há risco iminente de epidemia de dengue.

O trabalho, no entanto, depende da colaboração dos munícipes na facilidade de acesso dos agentes aos imóveis. É importante lembrar que os agentes de controle de vetores trabalham uniformizados e identificados por crachá com nome, foto e brasão da Prefeitura de Mogi das Cruzes. Quem tiver alguma dúvida pode entrar em contato com o Núcleo de Controle e Prevenção à Dengue pelo telefone 4794-4343.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo