Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Programa Avança Mogi

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Programa Avança Mogi ultrapassa a própria meta e atinge a marca das 123 obras

 

O prefeito Marco Bertaiolli conduziu, na manhã desta quinta-feira (14/01), uma apresentação no auditório do Centro Municipal de Formação Pedagógica (Cemforpe), com um balanço de todas as ações executadas ao longo dos últimos anos pela atual Administração e suas diversas Secretarias, bem como com uma projeção do que será executado até o final de 2016. A somatória de feitos, oficialmente denominada programa Avança Mogi, inicia 2016 superando a própria meta, estipulada anos atrás, de entregar 100 obras em quatro anos. Hoje, já são 123 obras em Mogi das Cruzes no total, sendo 92 executadas e 31 em andamento.

Veja a apresentação do Avança Mogi

“Já era difícil e audaciosa a meta de 100 obras, mas ainda assim conseguimos adicionar mais 23 a esta conta, o que significa que vamos entregar 23% a mais do que havíamos estipulado como meta em 2013. Isso prova que assumimos a responsabilidade de tornar essa cidade a melhor que ela pode ser. Claro que não vivemos um paraíso na terra, mas precisamos reconhecer e nos orgulhar de nossas conquistas e ter em mente que 2016 será mais um ano de muito trabalho. Para isso, novamente, precisamos atuar juntos, em parceria e focados nos nossos objetivos”, destacou o prefeito.

O chefe do Executivo mogiano lembrou ainda que, apesar de 2015 ter sido um ano de bastante pessimismo econômico, Mogi das Cruzes conseguiu fechar o exercício com um superávit de R$ 5 milhões, graças aos esforços e cortes de gastos que foram feitos de forma pulverizada por todas as Secretarias. Esta saúde financeira, como frisou o prefeito, é a garantia de que a cidade terá mais um ano de conquistas, obras e avanços. “Foi um superávit de 0,1%. Ou seja, uma linha tênue, porém muito importante, pois significa que fechamos o ano com as contas em dia e poderemos dar sequencia ao Avança Mogi em 2016”, concluiu.

A apresentação do Avança Mogi foi subdividida em 10 eixos estruturantes, que são os vetores do desenvolvimento do município. A primeira exibida foi a Educação, que em Mogi das Cruzes já se tornou referência com importantes feitos, como o prêmio da melhor merendo do Estado de São Paulo e o programa de Expansão de Creches, adotado como modelo pelo governador Geraldo Alckmin. Entre 2009 e 2016, a área da Educação chegará ao total de 77 novas unidades educacionais, sendo 66 creches/escola (2009/2016), 6 CEMPREs, 4 novos prédios de Educação Infantil e Fundamental e o novo prédio-sede da Secretaria de Educação.

Na Saúde, também foram muitas as conquistas apresentadas. A começar pelo número total de unidades, que saltou de 38 em 2008 para as 67 que serão completadas até o final do ano. As próximas unidades que serão entregues são a USF do Jardim Planalto, ampliação da UBS de Braz Cubas, o Centro do Bem Estar Animal, a UBS da Vila Lavínia, a unidade de acolhimento da Vila São Francisco, o CAPS AD, o Centro de Reabilitação Fisioterápico de Braz Cubas e a UPA da Kaoru Hiramatsu.

“O sistema de saúde dobrou de tamanho de 2008 para hoje. A UPA do Jardim Rodeio e Cezar de Souza, que acabamos de inaugurar, por exemplo, foi programada para atender 6 mil pessoas/mês, mas já fez, só no primeiro mês de funcionamento, 7.200 atendimentos. Isso acontece porque é um equipamento de qualidade, em que as pessoas confiam. Já identificamos, inclusive, que cerca de 30% das pessoas que procuram a UPA têm planos de saúde particulares. Ou seja, estamos fazendo o caminho inverso, no sentido de oferecer uma saúde pública de grande qualidade. E tudo isso, claro, interligado por meio do SIS”, destacou o prefeito.

Na área da Gestão, foram destacados equipamentos como a Academia da Guarda Municipal, a Escola de Governo e Gestão e a reforma do prédio-sede da Prefeitura. Já no Esporte, entraram na apresentação o Centro do Paradesporto, a reforma do Nogueirão, o Salão de Esportes da Vila Jundiaí, a Praça do Nove de Julho, a Praça dos Aposentados, o Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) e as próximas entregas, que são a Praça da Liberdade, a cobertura da quadra do Centro Esprtivo de Sabaúna, a Praça de Esporte do Jardim Santos Dumont e o Parque da Cidade.

As conquistas na área da Assistência Social, como a nova Casa da Criança, a Vila Dignidade e o Centro Dia do Idosos, também foram citados pelo prefeito, que apresentou ainda os avanços em obras de urbanização, habitação, cultura, saneamento básico e mobilidade urbana. No que tange ao saneamento básico, vale destacar as obras de esgotamento sanitário do Botujuru e a construção da adutora de Cezar de Souza/ Sabaúna e a do Jardim São Pedro, além da implantação do coletor-tronco do Ribeirão Ipiranga. Essas obras, somadas a todas as outras já executadas pelo Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) ao longo dos últimos naos, vão garantir que Mogi das cruzes chegue ao final de 2016 com um índice de tratamento de 71% - no início da década passada esse índice era de apenas 5%.

A última obra apresentada e que é um verdadeiro divisor de águas para Mogi das Cruzes, é a abertura da passagem subterrânea na praça Sacadura Cabral. “O nosso desafio é que o primeiro túnel esteja pronto em 2016 e é o túnel mais importante, porque dá o escoamento do trânsito da área central. Já o segundo ficará para 2017, mas independente de andamento de obras, os recursos já estão garantidos. Em valores hoje, esta é a maior obra já contratada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes”, finalizou o prefeito.

Palestra

Após a apresentação do Avança Mogi, todo o público presente no Cemforpe pôde acompanhar a palestra “Ética e Serviço Público”, que foi ministrada pelo Historiador brasileiro e professor doutor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Leandro Karnal. Graduado em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), no Rio Grande do Sul, e doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (USP), Karnal é pós-doutorado pela Unam, do México (Universidad Nacional Autónoma de México) e pelo CNRS de Paris e atua há 17 anos com atividades de consultoria em conteúdo e curadoria para exposições artísticas e históricas (LMS)

 

Foto: Ney Sarmento/PMMC

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo