Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Semae economiza R$ 9,4 milhões em água

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Em dois anos, Semae economiza R$ 9,4 milhões em água comprada da Sabesp

 

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) reduziu em R$ 9,4 milhões a despesa com água comprada da Sabesp, de 2014 a 2016, graças aos investimentos realizados pela autarquia nos últimos anos. A principal responsável pela economia de recursos é a Setorização de Braz Cubas, que é a subdivisão da rede do distrito em sistemas menores, o que facilita o controle do consumo e reduz as perdas. Uma nova etapa do projeto foi concluída nesta quinta-feira (12/01), com a instalação de uma válvula controladora de pressão para modernização do sistema e melhoria da distribuição de água na região do Alto Ipiranga.

“Considerando que o contrato para obra da setorização é de R$ 9,5 milhões, o custo está praticamente pago só com essa economia, resultado de uma redução de 24% do volume adquirido da Sabesp, no mesmo período”, afirma o diretor-geral do Semae, Paulo Beono Jr.

Além da economia, a subdivisão da rede também agiliza manutenções e facilita a identificação de vazamentos. “Com distritos de medição menores, fica mais fácil identificar os pontos de vazamento e conseguimos direcionar as equipes mais rapidamente para o reparo”, completa Beono.

No caso da válvula controladora de pressão, instalada na Rua José Cury Andere, próximo à esquina com a Avenida Japão, a vantagem que ela proporciona é a prevenção de rompimentos e vazamentos na tubulação. “Por conta da topografia, as regiões mais baixas ficam com a pressão muito alta. Com a pressão controlada, conseguimos manter o abastecimento sem risco de rompimentos na rede”, explica o diretor.

Também foram instalados novos registros e medidores, delimitando uma área de abastecimento em cerca de 2,8 mil ligações, dos bairros Chácara Jafet, Parque Santana, Residencial Santana, Alto Guaianazes e parte baixa do Jardim Ivete. Com isso, caso seja necessária manutenção devido a algum vazamento nesses locais, o número de moradores afetados com a interrupção do abastecimento será menor que o atual (11 mil, e não mais 172 mil). O investimento nesta etapa é de R$ 140 mil.

Além da implantação de válvulas para controle da pressão, a setorização inclui a instalação de hidrômetros de grande porte, manutenção de registros, substituição de cavaletes e ramais, além do conserto de vazamentos em cavaletes. Até o momento, foram executados aproximadamente 74% dos serviços.

Ao todo, o distrito foi dividido em 14 setores de medição, dos quais 12 já estão instalados. Restam apenas o Parque Olímpico e a Vila São Sebastião. O projeto começou a ser desenvolvido por Braz Cubas porque o abastecimento do distrito é feito com água comprada da Sabesp, que tem custo maior que a produzida diretamente pelo Semae.

Abastecimento
Com a válvula instalada, o bombeamento no Reservatório do Jardim Santa Tereza foi religado na tarde desta quinta-feira e a previsão é de que o abastecimento em 61 bairros e mais quatro vias isoladas volte ao normal durante a noite. (JN)

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo