Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes
Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Projeto de cicloturismo é aprovado

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Mogi das Cruzes acaba de ter mais um projeto aprovado pelo programa Município de Interesse Turístico (MIT), da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo. A proposta que recebeu apoio do Governo do Estado se refere ao ano de 2019 e prevê melhorias nas ciclorrotas existentes na cidade. O município vai receber o valor de R$ 395.930,91 para a execução das ações previstas.

O projeto cadastrado prevê a implantação de placas de sinalização e também de lixeiras de alvenaria nas ciclorrotas do município. O objetivo é melhorar a visualização e a própria divulgação dessas rotas, além de solucionar os problemas com descarte irregular de lixo em estradas vicinais utilizadas por ciclistas. A sinalização visa ainda beneficiar pedestres, moradores do entorno e propriedades rurais que atendem turistas.

Também está prevista no projeto a construção de uma pista de pump track, em local ainda a ser definido, em diálogo e parceria com os coletivos de ciclistas na cidade. O projeto original previa a construção de duas pistas, sendo uma no Parque Professor Botyra Camorim Gatti e outra no Parque Leon Feffer, porém, com o contingenciamento por parte do Governo do Estado do valor máximo a ser destinado para cada município, a cidade terá que adequar as intervenções previstas. O valor inicialmente pleiteado pelo município era de R$ 600 mil.

“O que faremos agora é chamar uma nova reunião com os líderes dos coletivos, para estudarmos a alteração que precisaremos fazer no projeto, para então fazermos uma nova apresentação ao Governo do Estado”, explica o secretário municipal de Cultura e Turismo, Mateus Sartori.

O projeto também prevê a criação do Caminho dos Vales, uma interligação mapeada e 100% sinalizada entre o Caminho do Sal e a Rota da Luz. Assim, será possível sair de São Bernardo do Campo e seguir até Aparecida do Norte por trilhas e estradas vicinais. “Além de audacioso, o projeto visa levar desenvolvimento econômico para propriedades nessas localidades e divulgará ainda mais as belezas naturais do município”, detalha Sartori.

O secretário lembra ainda que o projeto foi desenvolvido a partir do Fórum Setorial de Cicloturismo, que foi realizado em agosto do ano passado no Centro Cultural de Mogi das Cruzes, com a presença do coletivo MTB Mogi, que reúne membros de mais de 20 grupos de ciclistas da cidade e o prefeito Marcus Melo. O encontro se deu no âmbito do programa Diálogo Aberto.

“Desde então montou-se uma comissão de apoio, que nos ajudou e nos orientou na elaboração do projeto, que posteriormente foi aprovado no Conselho Municipal de Turismo”, explica Sartori.

Sobre o cicloturismo em Mogi

Mogi das Cruzes recebe, em média, 45 mil visitantes por mês, considerando sábados, domingos e feriados. Pelo fato de ter mais de 60% de seu território em áreas de preservação ambiental, a cidade conta com mais de 250 quilômetros de trilhas e ciclorrotas, muitas delas utilizadas pelos visitantes amantes do ecoturismo e turismo de aventura, bem como a população em geral. Muitas dessas trilhas são utilizadas por profissionais do esporte para treinamentos e preparo para a participação de campeonatos.

A cidade é parte do circuito de inúmeros campeonatos do segmento, entre eles o campeonato paulista de DownHill, o KMTB Kailash, provas urbanas e diversos passeios ciclísticos realizados pela Prefeitura de Mogi das Cruzes. (Lívia de Sá)

 

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo