Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes
Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Turismo capta mais de R$ 1,5 milhão

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Turismo capta mais de R$ 1,5 milhão para investimentos no setor

Entre 2017 e 2018 que se inicia, a área do turismo da cidade já pode contar com uma marca histórica. Somando os projetos inscritos ao longo do último ano pela Coordenadoria de Turismo junto às esferas federal e estadual e o que já está previsto para este ano, chega a R$ 1,6 milhão o montante que passa a estar disponível para investimentos no setor.

O valor se refere a dois projetos aprovados pelo Ministério do Turismo, mais dois pelo programa Município de Interesse Turístico (MIT), do Governo do Estado, do qual Mogi das Cruzes passou a fazer parte oficialmente em novembro de 2017.

No final da última semana de 2017, o prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, fez a assinatura do convênio que vai garantir à cidade os primeiros recursos estaduais transferidos via MIT, referentes ainda ao exercício de 2017. E já há para 2018 a garantia da liberação de mais R$ 600 mil, em razão de um outro projeto inscrito pela cidade.

Vale lembrar que R$ 600 mil é o valor máximo que um município classificado como MIT pode receber por ano do Governo do Estado.

“Montamos uma verdadeira força-tarefa, com o intuito de captarmos recursos ainda do exercício de 2017 por meio do MIT e também para já garantir verba para 2018. Como a classificação de Mogi saiu em novembro, o tempo foi curto, mas conseguimos protocolizar os projetos, eles foram aprovados e já temos recursos assegurados”, destaca o secretário municipal de Cultura e coordenador municipal de Turismo, Mateus Sartori, acrescentando que esse é um valor superior a tudo o que já se viu em termos de orçamento para o turismo em Mogi das Cruzes.

“Se somarmos o orçamento da Coordenadoria de Turismo desde quando ela foi criada, em 2009, até o ano passado, o valor não chega a R$ 1 milhão. Captar mais de R$ 1,5 milhão em questão de um ano, logo, é uma grande conquista”, pontua.

O primeiro convênio do MIT, assinado na semana passada, permite a transferência de um total de R$ 385.026,08, a ser aplicado em melhorias na estação ferroviária de Sabaúna. O projeto prevê uma reforma interna do imóvel, com serviços como pintura geral, retirada e recolocação de condutores de águas pluviais, reposição de telhas, colocação de piso laminado e adequação não só dos sanitários, como de toda a estação para o atendimento e adequação às normas de acessibilidade.

Também estão previstas benfeitorias para a parte externa da estação, com implantação de área de convivência e descanso, playgrounds, praça com palco coberto e bancos de repouso.

Já para este ano, os R$ 600 mil serão aplicados no avanço e aperfeiçoamento da infraestrutura dos principais atrativos turísticos de Mogi das Cruzes. Está prevista, por exemplo, a melhoria de sinalização das rotas turísticas existentes na cidade, como o Caminho do Sal, além de trabalhos de reforma, adequação e modernização dos principais museus do município.

São eles: Museu Visconde de Mauá, Centro de Cultura e Memória Expedicionários Mogianos, Centro de Exposições Cidades-Irmãs, Museu Taro Konno, a Pinacoteca e o Centro de Informações Turísticas. “Não estamos falando de uma reforma completa em cada um dos espaços, até porque o Museu Visconde de Mauá, por exemplo, já passou por reformas em 2017. O que visamos com o projeto é possibilitar melhorias em cada um dos espaços, de acordo as necessidades específicas de cada local”, explica o secretário.

A reforma da estação de Sabaúna também é o objeto de um dos projetos aprovados pelo Ministério do Turismo em 2017. O valor total é de R$ 258.570,00 e a verba provém de uma emenda parlamentar do deputado federal Marcio Alvino. O convênio entre a Prefeitura e o Ministério foi aprovado pela Câmara Municipal em dezembro último.

E há ainda o projeto de implantação de infraestrutura no Pico do Urubu, também aprovado pelo Ministério do Turismo. Este prevê a transferência de R$ 438.750,00, a serem aplicados em melhoria no acesso ao Pico do urubu, mais instalação de guarita, paisagismo e mobiliários urbanos, reorganização de estacionamentos, entre outros itens.

Além das verbas captadas, a Coordenadoria de Turismo promoveu em 2017 mais de 15 eventos de interesse turístico, alcançando um público estimado em 12 mil pessoas e com investimento aproximado de R$ 85 mil, proveniente de dotação orçamentária. (Lívia de Sá)

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo