Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Evento: Dia da Luta Antimanicomial

Fonte:

Evento marca o Dia da Luta Antimanicomial, neste sábado, no Parque da Cidade

Para antecipar as comemorações pelo Dia Nacional da Luta Antimanicomial, celebrado em 18 de maio, a Coordenação de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde realiza um evento especial no próximo sábado, dia 14, no Parque da Cidade.

Das 08:30 às 12:30, o público poderá conhecer um pouco mais do trabalho desenvolvido pela equipe, prestigiar e participar de atividades como dança circular, coral, ioga, auriculoterapia, feira de artesanato, com peças elaboradas pelos próprios pacientes, e feira de troca.

As atividades fazem parte da Semana da Luta Antimanicomial, que é prevista na lei 5.820 de 2.005, e reúne diversas ações para lembrar a data. “O Movimento da Luta Antimanicomial é um processo histórico das pessoas em sofrimento mental e dos profissionais da saúde pela garantia dos Direitos Humanos e Sociais e pelo cuidado em liberdade", explica a coordenadora da Rede de Atenção Psicossocial- RAPS de Mogi das Cruzes, Patrícia Spila Thomaz. 

Neste ano, o evento é ainda mais especial porque marca o retorno das atividades presenciais após dois anos do confinamento gerado pela pandemia. “Mudamos todo o nosso cotidiano de forma abrupta, sentindo na pele o quanto isso é prejudicial para a saúde mental", acrescenta a diretora de Rede Básica da Secretaria Municipal de Saúde, Tatiane Watanabe. O evento contará com a participação de profissionais da Saúde e pacientes das unidades de Saúde Mental.

Cecco

Além de participar do evento no Parque da Cidade, o Cecco - Centro de Convivência e Cooperativa  preparou outras atividades. Nesta quinta (12), a programação começa com a exibição do documentário "Holocausto Brasileiro". Na próxima quarta (18/5), os integrantes participam do ato de Luta Antimanicomial, na avenida Paulista, em São Paulo, e na quinta (19), da roda de conversa sobre o tema "Rumos da Saúde Mental no Brasil". No dia 26/5, será promovida uma assembleia geral e comemoração dos 12 anos de atividades do Cecco. 

Rede de Atenção 

A Rede de Atenção Psicossocial - RAPS de Mogi das Cruzes conta com serviços especializados em Saúde Mental, além de sete unidades de referência para atendimento psicológico. O primeiro passo para quem busca apoio é buscar a Unidade Básica de Saúde mais próxima para a escuta qualificada pela equipe técnica multiprofissional.

O atendimento psicológico é prestado em demanda livre nas unidades básicas de Nova Jundiapeba, Jardim Camila, Vila Suíssa, Ponte Grande, Santa Tereza (atualmente em reforma), Jardim Universo e Jardim Ivete.

Há, ainda, iniciativas específicas para cada situação, confira:
 
- Centro de Saúde Mental e Caps Infantil: o Centro realiza consultas com psiquiatras, entregas e aplicações de medicamentos, enquanto o Caps Infantil é destinado ao atendimento multiprofissional de crianças e adolescentes comprometidos psiquicamente. Rua Dr. Antônio Cândido Vieira, 556 - Centro.

- Caps II – Centro de Atenção Psicossocial:  oferece suporte terapêutico intensivo aos adultos portadores de transtornos mentais graves e persistentes. Rua Antenor de Souza Melo, 350 - Jardim Maricá.

- Cecco – Centro de Convivência e Cooperativa: proporciona a integração entre pacientes estáveis e a comunidade através da convivência por meio de oficinas diversas e busca de autonomia com projetos de geração de renda. Rua Francisco Franco, 291 - Jardim Santista. 

- Caps AD – Álcool e Drogas: destinado para tratamento de pessoas com necessidades específicas decorrentes do uso de álcool, crack e outras drogas. Av. Valentina de Melo Freire Borenstein, 764 - Vila São Francisco.

- Residência Terapêutica: abriga pacientes vindos de internação de longa permanência (mais de 02 anos) em Hospitais Psiquiátricos em todo o Estado, mas que tenham sua origem nas cidades que compõem o Alto Tietê.


Comentários

Voltar ao Topo