Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Dia de Combate ao Abuso e Exploração

Fonte:

Programação alude ao Dia de Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes

A Secretaria Municipal de Assistência Social está com uma programação especial em alusão ao 18 de maio, que é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A agenda reúne atividades conduzidas por agentes que compõem a rede de proteção, incluindo equipes da própria Assistência, das unidades dos CRAS e também dos Conselhos Tutelares.

Já está em andamento, por exemplo, uma campanha de sensibilização da rede socioassistencial, conduzida por equipes dos dois CRAs de Jundiapeba, em parceria com a rede socioassistencial, profissionais da Saúde, Educação, do Conselho de Defesa dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes e também do Conselho Tutelar. Serão ao todo cinco encontros, promovidos no CEMPRE Prof. Sérgio Moretti, em Jundiapeba.

O objetivo da campanha é fomentar o plano de ação “Territórios protetivos – pensando e atuando para a proteção social de crianças, adolescentes e suas famílias”, que tem como base o 18 de maio e também o 12 de junho, que é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. Os próximos encontros serão nos dias 24 e 31 de maio e, por fim, em 7 e 14 de junho.

Durante os encontros, que são sempre das 8h30 às 11h30,  são apresentados os aspectos materiais e subjetivos socialmente construídos que interferem na identificação e intervenção, visando a proteção de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social. Eles promovem, portanto, a conceituação da proteção integral e social, a desconstrução de paradigmas sociais e institucionais e, sob o ângulo da transversalidade, elucidam como o racismo impacta nas percepções de proteção e desproteção social.

As equipes da Secretaria, juntamente a profissionais do Conselho Tutelar de Braz Cubas, também deram início a um ciclo de palestras em escolas e instituições sociais que atendem crianças e jovens. Nesta quarta-feira, que é o Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, haverá duas palestras na Escola Municipal Prof. Dr. Jair Rocha Batalha, sendo uma às 8h e outra às 13h. Já na quinta-feira, a mesma palestra será levada ao Lar Batista, às 14 horas.

Nesta sexta-feira (20/05), o tema do combate ao abuso e exploração será levado a debate na Câmara Municipal, às 9 horas, sob a forma de palestra. A ação atende a um pedido dos vereadores membros da Comissão Permanente de Assistência Social, Cidadania e Direitos Humanos e será conduzida pela diretora de Proteção Social Especial da Secretaria de Assistência Social, Luana Guimarães.

Já na próxima terça-feira (24/05), orientações a respeito do assunto serão passadas à equipe e público atendido pela Associação Beneficente Árvore da Vida, também voltada ao atendimento de crianças e jovens.

O Conselho Tutelar de Jundiapeba é outro que está com uma agenda especial, preconizando o diálogo e a conscientização. Nesta quarta-feira (18/05), a sede do Conselho, na rua Dolores de Aquino, será palco para um debate com as conselheiras do território de Jundiapeba, para estabelecer ações de combate ao abuso e exploração de crianças e jovens no distrito no segundo semestre deste ano. A conversa será das 9h às 11h.

Na quinta-feira (18/05), as mesmas conselheiras farão visita em serviço de convivência e fortalecimento de vínculos. Já no sábado (21/05), haverá reunião com líderes comunitários, com palestra a respeito das atribuições do conselho tutelar e também diálogo sobre o tema no contexto do distrito.

Legislação

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído pela Lei 9.970/2000, tendo como base o caso de uma criança de oito anos que foi sequestrada em 18 de maio de 1973, violentada e cruelmente assassinada no estado do Espírito Santos. Os autores do crime jamais foram punidos.

A data visa a divulgação de campanhas informativas e educativas para o combate ao abuso e a exploração sexual infantil. Um dos maiores paradigmas dentro dessa questão é a denúncia, que muitas vezes não é feita, aliada à falsa informação de que, para a tomada de providências, são necessárias evidências.

Outros pontos importantes são a dificuldade que uma criança tem de expressar uma ocorrência dessa natureza, tendo em vista que muitas vezes ela sequer consegue compreender o que aconteceu e ainda as recorrentes acusações de que a criança provocou, consentiu ou aprovou o ocorrido.

A campanha, logo, defenda a denúncia a e a notificação, a divulgação da informação da maneira adequada e também o fato de que a proteção é dever de todos – pais, familiares, comunidade, professores, educadores e também o poder público. Ela clama ainda pelo envolvimento de todos os atores sociais no ato de reconhecer sinais de abuso e também pelo rompimento do silêncio.

Seguem abaixo os canais para denúncias de casos de abuso e exploração contra crianças e adolescentes:

Conselho Tutelar Mogi das Cruzes

  • Unidade Centro – 4799-3973. Plantão 24h: 99606-6499
  • Unidade Braz Cubas – 4798-6959. Plantão 24h: 99951-0561
  • Unidade Jundiapeba –  4794-1312. Plantão 24h: 99558-7199

DISQUE 100 

Polícia Militar - 190


Comentários

Voltar ao Topo