Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Espetáculo Sob o Mesmo Teto

Fonte:

Espetáculo Sob o Mesmo Teto será apresentado gratuitamente no Theatro Vasques

 

Na próxima quarta-feira (11/05), Mogi das Cruzes receberá a premiada Cia. Gravitá, que apresentará no Theatro Vasques, às 15h, o espetáculo Sob o Mesmo Teto. A montagem da trupe mistura circo e teatro e foi contemplada pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC), a partir do edital Circulação de Espetáculo para o Público Infantojuvenil. A entrada é franca e os interessados devem trocar ingressos por pacotes de absorventes, para a campanha Tia Chica, do Fundo Social de Mogi.

Cada pacote de absorvente dará direito a um ingresso. Neste sábado (07/05) e na segunda-feira (09/05) as trocas devem ser feitas no Centro Cultural de Mogi das Cruzes. Já na terça e quarta-feira (10 e 11/05), os interessados devem fazer a troca na bilheteria do Theatro Vasques. Tudo o que for arrecadado será distribuído para pessoas em situação de vulnerabilidade, a partir das instituições sociais, associações de bairro e lideranças comunitárias cadastradas no Fundo Social de Mogi.

Sob a direção de Michelli Rebullo, da Cia. Diálogos Acrobáticos, o espetáculo lança mão das linguagens do circo e do teatro para narrar uma singela história, que tem como foco a relação entre um professor solitário e uma gata de rua. As acrobacias de solo, ponto forte da Cia. Gravitá, estão presentes na apresentação e o público pode esperar jogos corporais, cômicos e acrobáticos.

“O espetáculo possui acrobacias de solo individuais e em dupla. Nas acrobacias em dupla, utilizamos uma técnica circense denominada mão-a-mão. Assim, temos elementos acrobáticos estáticos e dinâmicos, que se misturam à trama da história encenada”, conta o acrobata Alessandro Coelho, que é, ao lado de Débora Ishikawa, fundador da Cia. Gravitá.

Com uma hora de duração e classificação livre, a montagem conduz o espectador a uma redescoberta, que parece ter sido bem esquecida nos tempos atuais: o quanto as relações, tanto com animais como com pessoas, são capazes de transformar o ser humano para melhor.

“Nossa relação no dia a dia nos faz enxergar os pets como pessoas. Eles têm vontades, manias e se comunicam conosco. E as acrobacias simbolizam justamente a harmonia dessas relações. Sou amante deles, sou a favor da adoção, prezo pelo respeito a todas as formas de vida e acredito que essas coisas permeiam nossas criações. Afinal, eles nos ensinam uma outra linguagem do amor”, conta a acrobata Débora Ishikawa, a intérprete da gata.

Por sinal, a gata da cena teve inspiração em um felino da vida real: Susi, que acompanhou boa parte da vida da acrobata. Para levar os gestos à cena, a acrobata se utilizou da mímesis corpórea (teatralização de movimentos do cotidiano a partir da observação), buscando, ao máximo, humanizar os trejeitos felinos.

Sob o mesmo Teto não tem fala. Tudo é gestual. Por conta disso, como destaca Alessandro Coelho, a trilha sonora inédita, assinada por Fred Fonseca, tem papel fundamental de guia. Leva o espectador a uma imersão entre as ações e os muitos miados. “Se entendermos que a cenografia, o figurino, a iluminação e, claro, as acrobacias são corpo desse espetáculo, então a trilha sonora é alma deste corpo. Ela é que conduz os personagens e o público ao longo das cenas”, destaca o acrobata.

 

O espetáculo

Um professor muito ocupado com sua rotina e suas manias, despretensiosamente, encontra companhia em uma gata atropelada. Ele a salva das ruas, ela o salva da solidão. Sob o mesmo Teto é um espetáculo da Cia. Gravitá, com Débora Ishikawa e Alessandro Coelho, dirigidos por Michelli Rebulho, da Cia. Diálogos Acrobáticos.

A partir de jogos corporais, cômicos e acrobáticos, os personagens se encontram e criam um laço de amizade que transforma a forma como ambos enxergam a vida.

 

A Cia. Gravitá

Juntos desde 2009, Alessandro Coelho e Débora Ishikawa trabalham como dupla de mão-a-mão em diversas companhias, como a Noite da Rose, Cia. Diálogos Acrobáticos, Los Circo Los, TroupeGuezá e Coletivo Lateral.

Em 2017, fundaram a Companhia Gravitá com o intuito de pesquisar o circo e suas transversalidades de linguagem. Desde então, já foram contemplados com o Prêmio ProAC, do Governo do Estado de São Paulo, em 2018, 2019 e 2020.

Também participaram de importantes eventos, como o Festival Internacional SESC de Circo (SP), o Festival Paulista de Circo (SP), o Festival de Circo do Brasil (PE), o Festival Internacional de Circo do Ceará (CE), a Mostra SESC de Culturas Cariri (CE), o Festival de Circo Social de Toledo (PA), o Festival de Circo de Campo Mourão (PA), o Festival Intercâmbio de Linguagens (RJ) e o Festival de Artes de Rua de Arouca (Portugal).

Foram premiados no II Festival Internacional de Circo, destacando-se pelo alto nível técnico aliado à poética da gestualidade.

 

Ficha técnica

Acrobatas:  Alessandro Coelho e Débora Ishikawa

Direção: Michelli Rebulho

Preparação Corporal: Kelly Cheretti

Figurinos: Helen Quintans

Trilha Sonora: Fred Fonseca

Cenografia: Rafael de Castro

Iluminação: Francisco Barganian

Operação de som: Daniel Salvi

Audiodescrição: Bell Machado

Produção: Juliana Kaneto

Design Gráfico: Otávio Fantinato

Assessoria de Imprensa: Tiago Gonçalves

Comunicação e Marketing Digital: Miguel Von Zuben

 

Saiba mais

O quê: Sob o mesmo Teto, da Cia. Gravitá

Quando: Quarta-feira (11/5), às 15h

Onde: Theatro Vasques (Rua Dr. Corrêa, 515, Centro, em Mogi das Cruzes | SP).

Quanto: Entrada franca

Informações: @ciagravita

Classificação: Livre

Duração: 60min

 

 


Comentários

Voltar ao Topo