Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes
Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Peça teatral “A Estrada de Wolocolamsk”

Fonte:

A Estrada de Wolocolamsk será apresentada no Theatro Vasques em 9 de novembro

No dia 9 de novembro, Mogi das Cruzes vai receber o último espetáculo do Circuito Cultural Paulista deste ano. É a peça teatral “A Estrada de Wolocolamsk”, com texto original do dramaturgo alemão Heiner Müller e dirigida por Esther Góes e Ariel Borghi, da Cia. Ensaio Geral. A obra é dividida em cinco partes e se baseia em acontecimentos reais e imaginários para tratar de fatos ocorridos durante a Segunda Guerra Mundial.

As duas primeiras partes são baseadas no livro de Alexander Beck e têm abordagem realista, narrando episódios comprovadamente ocorridos durante a guerra. Já as três últimas entram um pouco no campo surrealista e têm como foco o regime socialista soviético, implantado pelos russos na parte oriental de Berlim, já no pós-guerra.

Nas partes iniciais, a narrativa gira em torno de uma tropa russa, formada por jovens e inexperientes soldados e liderados por um comandante, que tenta encontrar maneiras de torná-los aptos a enfrentar o exército alemão. O detalhe é que, em meio a um cenário tão sério e perigoso, a montagem destaca questões humanas triviais, como forma de explorar a complexidade da situação.

Já as três últimas, intituladas “O Duelo”, “Centauro” e “os Enjeitados”, tratam tanto de acontecimentos reais, como a crise do dia 17 de junho de 1953, quanto de situações simbólicas, a exemplo a cena em que um dirigente da época, de tão burocrata que era, acaba se transformando em uma escrivaninha.

A última parte, situada em um momento em que o sistema já estava enfraquecido, mostra o embate emocional entre um pai e um filho que discordam severamente sobre a situação do país.

A diretora da peça, Esther Góes, bastante conhecida por suas atuações em novelas da TV Globo, SBT, Rede Record e GNT, entende que essa última cena serve para simbolizar a proposta da obra como um todo, que é não estabelecer verdades absolutas, nem criar mocinhos e bandidos, e sim mostrar que há sempre uma verdade em cada lado, deixando o espectador livre para compreender, assimilar e se identificar da maneira que lhe fizer sentido.

“A Estrada de Wolocolamsk” será apresentada a partir das 20 horas no Theatro Vasques e a entrada é gratuita. A recomendação etária é de 14 anos. Além de Esthér e Ariel, também estão no elenco Carlos Meceni, Jova Andreazza, Carlos Morelli, Ale Pessôa, Pérsio Plensack, Cacá Toledo, Josué Torres, Amanda Vides Veras, Jean Dandrah e Pedro Paulo Fermer.

O Theatro Vasques fica na rua Dr. Corrêa, 515, no Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4798-6900.

Ficha técnica

“A Estrada de Wolocolamsk”

Tradução: Fernando Nuno | Adaptação: Esther Góes e Ariel Borghi | Direção: Esther Góes

Elenco:

Ariel Borghi (Coriolano) | Esther Góes (Volumnia) | Carlos Meceni | Joca Andreazza | Carlos Morelli | Ale Pessôa | Pérsio Plensack | Cacá Toledo | Josué Torres | Amanda Vides Veras | Jean Dandrah | Pedro Paulo Fermer

Iluminação: Domingos Quintiliano
Música Original: Miguel Briamonte
Cenografia: Fernando Brettas
Figurinos e Adereços: Márcio Vinicius
Coreografia de lutas cênicas: Nícolas Trevijano
Realização: Cia. Ensaio Geral Produções


Comentários

Voltar ao Topo