Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes
Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

“Chefs Notáveis” ensina gastronomia

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Novo projeto do Fundo Social, “Chefs Notáveis” ensina gastronomia a alunos da Apae

 

O Projeto Chefs Notáveis, nova iniciativa do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, está com sua primeira turma em andamento e tem como objetivo levar conhecimentos básicos de gastronomia aos alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) da cidade. Os jovens, de 13 a 15 anos, participam de aulas com a professora Luriana Toledo, uma vez por semana, e estão aprendendo técnicas de preparo de massas e molhos.

A inspiração veio do Instituto Chefs Especiais, escola com cursos de gastronomia para portadores da síndrome de down e jantares temáticos beneficentes. Para montar um projeto semelhante em Mogi, o Fundo Social convidou Luriana Toledo, que é funcionária da Prefeitura e participou do Master Chef 2016. Ela aceitou a proposta e a Apae foi incluída na iniciativa.

A presidente do Fundo Social, Karin Melo, acompanhou a primeira aula da turma, que aconteceu na terça-feira, dia 27 de julho. “Os alunos estão adorando, interagindo e aprendendo com alegria”, diz. Ela entende que os benefícios do Projeto Chefs Notáveis são muitos e destaca a autonomia e a valorização dos jovens e de suas famílias.

O projeto mogiano segue a linha do o Instituto Chefs Especiais, que promove a inclusão social de pessoas com síndrome de down por meio da gastronomia, mostrando que elas, desde que estimuladas e respeitadas, podem e devem se tornar independentes para serem inseridas no meio social, seja no lazer ou no trabalho, respeitando suas limitações, mas estimulando o seu melhor.

O presidente da Apae de Mogi das Cruzes, João Montes, também destaca o alcance do projeto: “É uma proposta muito boa e que agradou os nossos assistidos, na medida que proporciona a eles chances reais de inclusão”, disse. Ele comentou que os alunos se entusiasmaram com a proposta e gostaram da primeira aula: “Fui esta semana e fiquei sabendo que todos gostaram muito. Teremos uma segunda turma e isso trouxe ainda mais motivação”, observou.

A primeira turma possui dez alunos, que participarão de quatro aulas, cada uma com três horas de duração, sempre às terças-feiras, na sede da Apae. Quando as aulas terminarem, o Fundo Social realizará um evento gastronômico, que já está marcado e acontecerá no dia 20 de julho, das 19h30 às 21h30, no Helbor Patteo Mogilar. Toda a arrecadação será revertida para a compra de materiais para a próxima turma, que será formada também com alunos da Apae, só que mais velhos, entre 17 e 19 anos.

Esta nova turma terá aulas na segunda quinzena de agosto, seguindo a mesma fórmula da primeira. “Será um curso profissionalizante, com entrega de certificados pelo Fundo Social de Solidariedade, intitulado 'Princípios Básicos de Culinária'. O objetivo é estimular nossos jovens a terem uma profissão por meio da gastronomia e faremos também um evento de formatura com esses alunos”, explica Karin Melo.

Formandos

O novo projeto do Fundo Social de Solidariedade segue a tradição do órgão, na área de cursos profissionalizantes, de oferecer opções reais de inserção no mercado de trabalho. No dia 22 de junho, por exemplo, foi realizada a formatura de 70 alunos que concluíram cursos profissionalizantes nas áreas de moda e beleza, no Polo Regional da Escola de Beleza, na Vila Brasileira.

Os cursos oferecidos pelo Fundo Social têm tradição na cidade. Em mais de 90% dos casos, os alunos conseguem aumentar os ganhos ou entrar no mercado após se formarem. Além das opções de corte e costura, maquiagem e manicure e pedicure, o Fundo Social oferece cursos na Padaria Artesanal e Escola de Moda (ambos no Polo da Vila Brasileira), além do tradicional Mãos na Massa, que acontece nos bairros da cidade, em igrejas e associações, a partir de solicitações dos moradores.

No dia 26 de maio foi realizada a formatura das primeiras turmas deste ano do Mãos na Massa. Entre os meses de fevereiro e maio, formaram-se no curso um total de 106 alunos, de vários bairros. Eles aprendem todas as técnicas para o preparo de bolos e pães, doces e salgados. O Mãos na Massa também ensina noções de empreendedorismo e o manuseio correto de alimentos. Mais informações sobre os cursos do Fundo Social podem ser obtidas pelo telefone 4798-5143. (Marco Aurélio Sobreiro)

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo